O Presidente da República, Filipe Nyusi, disse durante a quarta sessão Ordinária do Comité Central da Frelimo que 62 membros da Junta Militar da Renamo participaram do processo de Desmobilização Desarmamento e Reintegração. Nyusi aproveitou a ocasião para convidar outros membros do grupo a se juntarem ao processo. Desde que processo do DDR começou 2.307 membros da Renamo participaram, o equivalente a 44% da meta, que pretende abrangir mais de cinco mil guerrilheiros da Renamo.

O grupo militar liderado por Mariano Nyongo tem vindo a perder seus membros para o DDR por não concordarem com as acções criminosas.

O processo do DDR iníciou oficialmente em Julho de 2019 e tinha que terminar em Junho deste ano, mas o governo diz que não poderá cumprir com o prazo por falta de financiamento.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here