Presidente da República, Filipe Nyusi, recebeu, esta segunda-feira, garantias de que a Total irá recomeçar com as actividades logo que a segurança for restabelecida. A multinacional francesa que encabeça o projecto de extração pretende retomar com seu trabalho na Península de Afungi.

Filipe Nyusi esteve reunido com Presidente do Conselho de Administração da companhia petrolífera multinacional Total, Patrick Pouyanné. O PR encontra-se na França para discutir a Economia africana com seus homólogos de África e dirigentes da Europa, incluindo o Presidente frances que organizou o encontro.

Patrick Pouyanné sublinhou a impresa nacional que acompanhou o PR na viagem que a Total está interessada em manter o projecto e que interrompeu as actividades porque defende a segurança das pessoas.

“Houve este incidente em Palma, província de Cabo Delgado, que é uma questão da segurança. Mas, quero assegurar que tivemos de tomar medidas de segurança e o nosso empenho mantém-se. Nós somos pela segurança, sobretudo das pessoas, por isso tivemos de retirar o nosso pessoal, mas, assim que as condições de segurança tiverem sido repostas em Cabo Delgado, vamos voltar e temos plena confiança no Governo de Moçambique que está a trabalhar e vai conseguir restaurar a segurança e lá estaremos”, lê-se na publicação do jornal O País.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here