O Plano Nacional de Vacinação divulgado pelo governo na sexta-feira passada não contempla menores de 15 anos. O Ministro da Saúde, Armindo Tiago, disse hoje na Assembleia da República que há evidências científicas que as crianças e adolescentes tem menos possibilidades de ficar infectadas pelo novo coronavírus. E no caso de infecção, apresentam sintomas leves.

“Elas apresentam sinais e sintomas leves da doença porque o receptor, de acordo com a justificação dos cientistas, para a entrada do vírus nas células humanas está menos desenvolvida nesta faixa etária ”.

Armindo Tiago, defendeu ainda o regresso às aulas presenciais, pois na época de alívio, o sector da educação apresentou um nível de contaminação de menos de cinco por cento. O Ministro defendeu  a importância das aulas presenciais na prevenção do abandono escolar, gravidez precoce, trabalho infantil e uniões prematuras e forçadas.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here