O comité parlamentar sul-africano para os Assuntos da Imigração está preocupado com o que sucede nas fronteiras entre Moçambique e África do Sul. A situação humanitária tende a piorar com o agravamento das medidas restritivas a covid-19, nos últimos dois dias 300 viajantes ilegais foram detidos, e todos são de nacionalidade moçambicana.

O deputado Bongani Bonga, do Congresso Nacional Africano abordou sobre a falta de distanciamento entre imigrantes e acerca da detenção em grande escala de imigrantes ilegais moçambicanos, durante uma visita ao posto de fronteira sul-africano de Lebombo, no lado oposto a Ressano Garcia, em Moçambique, noticiou a Lusa.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here